Encontro debate sustentabilidade da produção cafeeira

CAFE20

Foto: José Gomercindo/ANPr

O secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, participou quarta-feira (05) do debate sobre sustentabilidade da produção cafeeira do Paraná durante o 25º Encontro Estadual do Café, na Expolondrina. O evento teve a participação de cerca de 420 pessoas, entre produtores e técnicos. Ao final do encontro, foi lançada a data de premiação do 15º Concurso Café Qualidade, que vai acontecer em outubro no município de Jacarezinho.

Foram entregues na reunião 12 mil pacotes, com 250 gramas cada um, de cafés especiais a 11 entidades patrocinadoras do 14º Concurso Café Qualidade Paraná, encerrado também nesta quarta-feira. A Secretaria estadual da Agricultura investiu R$ 60 mil na compra de cafés especiais dessa edição do concurso, com recursos dos patrocinadores que agora recebem a devolução em forma de cafés especiais, de acordo com a cota adquirida.

Ortigara lembrou aos produtores que o Paraná é um dos estados produtores que aderiram ao plano de sustentabilidade da produção cafeeira lançado em 2015 e esse é um dos rumos para uma produção com qualidade. Segundo ele, o Paraná já é reconhecido pela qualidade do café que produz e não por acaso a produção paranaense vem sendo disputada por cafeterias gourmets do País e do Exterior, também.

Foram debatidas as necessidades de adoção das boas práticas de produção, como condição para o produtor garantir a qualidade de sua produção e acessar o sistema de certificação na produção de café.

ENTREGA DOS CAFÉS ESPECIAIS – Essa é a quinta vez que a Secretaria da Agricultura faz a entrega de cafés especiais aos patrocinadores do concurso Café Qualidade Paraná. Nesse processo, os cafés são comprados de produtores premiados nos concursos estaduais do primeiro ao quinto lugar das três categorias de premiação e depois são torrados, moídos e empacotados para entrega aos patrocinadores.

Nesta quarta-feira, foram entregues entre 800 a 1.000 pacotes de cafés especiais aos patrocinadores, de acordo com a cota adquirida. Para possibilitar essa entrega, foram compradas 65 sacas de café premiado no concurso realizado no ano passado, cujo valor variou de R$ 780,00 a R$ 1.200,00 a saca, que correspondeu, em média, ao dobro dos preços do café praticados no mercado.

Foram contemplados os patrocinadores Faep, Ocepar, Fetaep, Itaipu, Banco do Brasil, Sicredi, Fiep, Sebrae, BRDE, Sanepar e Cooperativa Integrada, de Londrina. O café comprado foi torrado e moído na torrefadora da cooperativa Cocamar, de Maringá.

CAFÉ GOURMET – Segundo Paulo Franzini, secretário-executivo da Câmara Setorial do Café e membro da organização do concurso Café Qualidade Paraná, o café especial distribuído este ano é considerado café gourmet, de qualidade excepcional proporcionado também pelo clima que favoreceu a cultura colhida no ano passado.

Franzini alerta aos produtores interessados em participarem do 15º Concurso Café Qualidade que devem preencher as fichas de inscrição disponibilizadas em instituições como Emater, cooperativas, sindicatos e associações de suas regiões e seguirem o regulamento para a pré-seleção das amostras de café que devem ser entregues no Centro de Qualidade do Café, do Iapar, até 15 de setembro deste ano.

Fonte: AEN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s