COCEL finaliza Projeto de Eficiência Energética com 685 geladeiras e 9 mil lâmpadas substituídas

cocel_entregageladeiras (1)

Em março a Companhia Campolarguense de Energia – Cocel finalizou a segunda etapa de substituição de geladeiras obsoletas e pouco eficientes por modelos novos e econômicos. Foram 360 geladeiras de famílias de baixa renda trocadas em 2017, totalizando 685 geladeiras trocadas desde o início do projeto em 2014. Mais de 9 mil lâmpadas também foram substituídas por modelos mais eficientes, sem nenhum custo para os consumidores. Ações educativas foram realizadas em conjunto com a troca dos equipamentos, tratando da importância do uso consciente da energia elétrica.

Eunice Ribeiro da Silva recebeu a nova geladeira das mãos do presidente da Cocel, José Arlindo Lemos Chemin. Contou que a economia na fatura de energia fará grande diferença nas contas do mês, pois está desempregada. Eunice mora com seus filhos no Campo do Meio e não conseguiria comprar a geladeira com seus próprios recursos. “Tinha muita vontade de trocar, mas não tinha condições. Receber uma geladeira nova da Cocel é uma benção” – completa Eunice.

Rosângela de Fátima Ferreira Sarnick, moradora do Partênope, era dona de uma geladeira bastante antiga e em más condições. Também tinha vontade de trocar o equipamento, mas as condições financeiras não ajudavam. Com a nova geladeira recebida da Cocel garante mais conforto e mais economia.

Assim como Eunice e Rosângela, as outras 683 famílias que fizeram parte deste projeto da Cocel dificilmente teriam condições de adquirir um equipamento novo. Continuariam utilizando geladeiras e lâmpadas antigas e pouco eficientes, gastando mais energia. O presidente da Cocel, José Arlindo, ressalta que proporcionar um pouco mais de conforto, de qualidade de vida às famílias é tão importante quanto a redução no consumo. “Há muitos lugares onde só a Cocel chega, onde somos os únicos que prestam serviço às famílias. Poder oferecer um trabalho com qualidade e ainda contribuir para que os moradores tenham uma vida melhor, com equipamentos novos, podendo economizar, é uma grande satisfação para todos da Companhia” – declara José.

Este projeto realizado pela Cocel faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), que segue a regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. Por lei, a maior parte do valor investido deve ser destinada a famílias de baixa renda. A Agência também é responsável pela fiscalização.

Uma equipe contratada pela Cocel visitou todas as famílias cadastradas com Tarifa Social, para identificar as condições dos equipamentos e definir (conforme os critérios técnicos exigidos pela ANEEL) quais famílias teriam os equipamentos substituídos. Durante esta primeira visita cada família recebeu até três lâmpadas fluorescentes para substituir os modelos incandescentes, já garantindo economia no consumo.

Schirlei Cequinel Kotovicz, gestora do PEE da Cocel, ressalta que as ações educativas que fazem parte do projeto são essenciais para a efetiva redução no consumo de energia. “Promovemos um teatro que foi assistido por mais de 3 mil pessoas, de todas as idades, em treze bairros do município. De forma simples e divertida passamos mensagens importantes como os riscos que o uso da eletricidade apresenta e como pequenas mudanças de hábitos podem resultar em economia”, informa Schirlei.

A estimativa de economia com estas ações é de 1.440,44 MWh/ano (megawatts hora por ano), e 646,12 kW/ano (quilowatts hora por ano). Além da economia de energia, a redução no consumo e troca de equipamentos ainda proporciona mais conforto e mais segurança para as famílias. Todos os equipamentos recolhidos passam por processo de descontaminação e são reciclados.

Novo projeto colocará led na iluminação pública

Foi dado início a um Projeto de Eficiência Energética para troca da iluminação de todo o anel central do município por lâmpadas de led. Será realizado em parceria com a Prefeitura Municipal com investimento de aproximadamente R$ 3 milhões. Trará mais economia, mais eficiência, mais qualidade às ruas de Campo Largo.

O projeto será apresentado à Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL no primeiro semestre. Se a agência reguladora aprovar, a substituição das lâmpadas inicia ainda em 2017.

Fonte: Ascom/Cocel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s