Operação Tiradentes mobiliza 3,8 mil policiais militares do PR

A Praça Rui Barbosa, no centro de Curitiba (PR), foi o ponto de partida da Operação Tiradentes em homenagem ao Patrono das Polícias do Brasil, alferes Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes. As Polícias Militares e o Corpo de Bombeiros de todos os estados brasileiros desencadeiam a ação que iniciou-se às 14 horas desta quinta-feira (20/04) e seguem até às 10 horas de sábado (22/04). Aproximadamente 3,8 mil militares estaduais e 1,2 mil viaturas participam das atividades em todo o Paraná. Na foto, o coronel Maurício Tortato, comandante da PMPRCuritiba, 20/04/2017.Foto: PMPR

Coronel Maurício Tortato, comandante da PMPR. Foto: PMPR

Cerca de 3,8 mil policiais militares do Paraná participam da Operação Tiradentes, lançada nesta quinta-feira (20). A operação acontece em todos os Estados, em uma ação coordenada pelo Conselho Nacional de Comandantes-Gerais (CNCG). No Paraná, o lançamento aconteceu às 14 horas, na Praça Rui Barbosa, no centro de Curitiba, e ocorre simultaneamente em todo o Estado. São 1,2 mil viaturas.

A ação coordenada pela CNCG é uma homenagem a Tiradentes, patrono das polícias do Brasil. Até às 10 horas de sábado (22), a Polícia Militar de todos os estados faz abordagens, bloqueios e blitz de trânsito nas principais vias de acesso nas cidades e rodovias. Também faz abordagens para capturar foragidos da justiça, apreender armas e drogas e contrabandos e cumpre mandados expedidos pela justiça.

“É uma operação com ações proativas, preventivas e ostensivas, atendendo situações de urgência e emergência, mas congregados numa atividade coordenada pelo CNCG”, explicou o comandante-geral da PM do Paraná, coronel Maurício Tortato. “As corporações de todos os estados estão integradas para comemorar Tiradentes e preservar da ordem pública”, disse ele.

Ele explicou que o objetivo é prevenir e coibir crimes contra a pessoa e o patrimônio e proporcionar mais segurança à população. “Nosso foco é o cidadão e nossas ações são predominantemente preventivas”.

REUNIÃO – A Operação Tiradentes foi definida durante a primeira reunião de 2017 do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais. O é coibir e prevenir diversos crimes contra o patrimônio e a pessoa através do policiamento a pé, motorizado e a cavalo nos eixos comerciais e de maior circulação e locais definidos por levantamento prévio.

Participam da Operação as unidades especializadas: Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Polícia Militar Ambiental, Batalhão de Polícia Rodoviária, Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, BPTran, Regimento de Polícia Montada, Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas e Batalhão de Polícia de Guarda.

Fonte: AEN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s