Tecpar debate energia limpa em lançamento de revista do Smart Energy Paraná

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) lançou nesta quarta-feita (17) a segunda edição da Revista Smart Energy, que apresenta conteúdo científico e notícias sobre o setor de energias renováveis. A programação do evento contou ainda com a criação do programa de incubação verde da Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec) e a divulgação do Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do instituto.

O evento foi aberto pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, que ressaltou a importância do projeto Smart Energy Paraná para o mercado de energia, em especial na geração, uso e comercialização de energia elétrica.

“Esse contexto de oportunidades que temos no Paraná precisa ser bem aproveitado e a inovação e a tecnologia são facilitadoras nesse processo. Instituições ligadas ao Governo do Estado desenvolvem estudos, processos e produtos para o melhor aproveitamento das fontes energéticas e inteligência na sua geração e uso”, pontua.

O diretor-presidente do Tecpar, Júlio Felix, lançou a publicação, que tem como tema nesta segunda edição o mercado de energia. Ele destacou que o instituto é o secretário-executivo do projeto Smart Energy Paraná, que tem como função organizar as competências do Estado nessa área e atrair e fixar investimentos para a matriz energética paranaense.

De acordo com Felix, o instituto tem uma plataforma de energias inteligentes, que reúne painéis de energia solar e um gerador de energia eólica. “Tudo isso para que o Tecpar homologue as diferentes tecnologias e para servir de show room para mostrar as tecnologias já testadas pelo instituto. Estamos gerando dados confiáveis e capacitando mão de obra local para atrair investimentos nesta área para o Paraná”, destaca.

Tecnologia Verde

Durante o evento, o Tecpar e a Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre) assinaram um memorando de entendimentos para criar um novo programa para a incubadora do instituto – a Incubação Verde. Pelo acordo, a Intec vai oferecer apoio ao desenvolvimento e na criação de negócios inovadores com o uso de tecnologias sustentáveis.

O diretor-superintendente da Unilivre, Celso Kloss, aponta que a parceria vai oferecer consultorias especializadas no desenvolvimento de negócios sustentáveis. “Queremos ofertar, em parceria com o Tecpar, a infraestrutura inicial para esses negócios, além de sensibilizar os empreendedores e empresários quanto ao tema da sustentabilidade”, afirma.

Impacto ambiental

O diretor de Desenvolvimento Tecnológico do Tecpar, Reginaldo Joaquim de Souza, fez a divulgação oficial do Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) do instituto, documento que contabiliza as emissões de todos os gases do efeito estufa emitidos pelo Tecpar ao longo de 2016. “Com esse relatório, baseado no Protocolo de Kyoto, o instituto passa a contabilizar e informar de forma transparente as suas emissões para poder, assim, desenvolver ações focadas em minimizar o impacto ambiental gerado pela empresa”, salienta.

Smart Energy Paraná

O projeto Smart Energy Paraná mobiliza as competências que o Estado e a sociedade já têm e busca por novas competências para desenvolver esse setor do ponto de vista econômico, ambiental e social no Paraná. No governo estadual, o Tecpar secretaria o programa, que tem como função organizar as competências do Estado nessa área e atrair e fixar investimentos para a matriz energética paranaense.

Assessoria de Comunicação
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s