Paraná reforça campanha para evitar que óleo vá para a rede de esgoto

O ponto de coleta instalado na Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos recebe milhares de litros de óleo de cozinha usado todos os anos. Em 2012, foram mais de 5,12 mil litros. Neste ano, o número já ultrapassou 3,5 mil. Tudo é entregue à reciclagem para a fabricação de detergente, água sanitária, sabão em pasta e em pedra.Curitiba, 13/09/2013.Foto: Divulgação SEMA

O governador Beto Richa participou nesta segunda-feira (26), no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, do lançamento da nova etapa da campanha Se ligue nessa ideia, Sem óleo na Rede, criada pela Sanepar. O objetivo é conscientizar a população paranaense a não jogar o óleo usado na rede de esgoto.

A campanha já é realizada, mas agora está sendo reforçada com a participação de empresas, sociedade civil organizada e população. O modelo é de um processo completo de logística reversa, que vai ser implantado, inicialmente, em Curitiba e Região Metropolitana.

Para o governador, a participação da sociedade é fundamental para o sucesso da campanha. “Há um depósito muito prejudicial desta gordura nas nossas redes e isso acaba deteriorando as tubulações. Agora as entidades parceiras podem contribuir para resgatar esse óleo de cozinha, reciclar o material e gerar uma renda extra, protegendo o meio ambiente”, disse Richa.

COMO FUNCIONA – As empresas privadas participantes do projeto vão distribuir kits para a coleta do óleo de cozinha para representantes da sociedade civil organizada, como escolas, associações beneficentes, associações de moradores, conselhos de segurança de bairros e igrejas.

Esses parceiros serão os responsáveis por abordar a comunidade, arrecadar o óleo e encaminhá-lo para as recicladoras de óleo de cozinha, gerando receita para as entidades. A comunidade que participar vai receber um funil em forma de esfera que serve exclusivamente para o descarte de óleo usado em garrafas PET.

CONSCIENTIZAÇÃO – De acordo com o secretário do meio ambiente e recursos hídricos, Antonio Carlos Bonetti, iniciativas como essa são importantes, principalmente por trabalharem a conscientização ambiental diretamente com a sociedade. “Com isso, criamos uma consciência para que as pessoas comecem a adotar posturas corretas de forma automática, não poluindo e fazendo um bem imenso para o meio ambiente e reduzindo os gastos por parte do Governo”, disse.

A campanha faz parte de um grande programa socioambiental da Sanepar, chamado Trate Bem a Rede, que é permanente e reúne todos os projetos voltados para a conservação e a manutenção adequada da rede de esgoto de todo o Paraná.

O presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, reforça o caráter educativo e de conscientização da ação. “Estamos trabalhando a questão da educação ambiental com várias entidades, como órgãos federais, estaduais e municipais, além da sociedade civil organizada, para que as famílias venham a descartar corretamente o óleo de cozinha, que hoje é jogado diretamente na pia, comprometendo toda a rede de tubulação gerando transtornos e prejuízos, inclusive financeiros, para a população e para a Sanepar”, afirma.

PRESENÇAS – O evento contou com a presença do deputado estadual Gilson do Souza; do chefe do escritório do Governo do Paraná em Brasília, Luciano Pizzatto; da prefeita de Colombo, Beti Pavin; do prefeito de Contenta, Carlos Eugênio Stabach; além de representantes de entidades civis organizadas.

Confira a lista de parceiros que aderiram à campanha

As pessoas que quiserem dar a destinação correta do óleo de cozinha usado podem procurar as entidades parceiras do programa, que já criaram postos de coleta dos resíduos:

– Quartéis da Policia Militar/Bombeiros (localizados em Curitiba)

– Quartéis do Exército (localizados em Curitiba)

– Setor Gastronômico

– Hospitais de Curitiba

– Universidade Positivo

– Universidade Tuiuti

– Faculdade Evangélica

– UNIBRASIL

– Igreja Católica (Arquidiocese Curitiba)

– Igreja do Evangelho Quadrangular do Paraná

– Colégios estaduais de Curitiba e Região que possuem o Curso Técnico em Meio Ambiente

– Centro Educacional Estadual Profissionalizante de Curitiba

– Centro Educacional Estadual Profissionalizante Theodoro de Bonna

– Centro Educacional Estadual Profissionalizante Newton Freire Maia

– Colégio Estadual Elysio Vianna

– Colégio Estadual Francisco Zardo

– Colégio Estadual Homero Batista de Barros

– Colégio Estadual Paulo Leminski

Fonte: AEN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s