Debate ajuda a dimensionar impactos da reforma trabalhista nas empresas

Prolik Advogados abre espaço para discussão de questões técnicas que mudarão rotinas a partir de novembro

Evento reunirá gestores de empresas e de RH sobre aspectos práticos 

A nova legislação trabalhista começa a vigorar em 11 de novembro trazendo mais dúvidas do que certezas para empregadores e empregados. Os impactos financeiros e de rotinas administrativas das novidades introduzidas pela reforma ainda não estão bem dimensionados pelos administradores das empresas.

Para aprofundar o debate em torno de questões técnicas relativas à reforma trabalhista – tão ou mais polêmicas e numerosas do que aspectos políticos e sindicais que vêm dominando a discussão há meses –, Prolik Advogados promove o evento “Diálogos sobre a Reforma Trabalhista, aspectos trabalhistas e previdenciários”.

Será no dia 5 de outubro, às 14 h, no espaço Encontro da Amazônia, à Rua Nilo Peçanha, 1870, no bairro Bom Retiro, em Curitiba. As vagas são limitadas e a participação é gratuita, por isso é preciso inscrever-se pelo telefone (41) 3320-0320 ou pelo e-mail comunicacao@prolik.com.br.

Empresas

O debate será orientado pelos advogados Ana Paula Araújo Leal Cia e Matheus Monteiro Morosini, especialmente para empresários e gestores de empresas e de RH.

“Pode-se afirmar que estaremos em breve diante de um Novo Direito do Trabalho. O atual cenário das relações entre trabalhadores e empregadores mudará por completo e é certo que muitas controvérsias surgirão a partir da reformulação da CLT”, destaca Ana Paula, que atua no setor trabalhista do Prolik.

Algumas dúvidas

O tamanho do impacto na vida das empresas ainda é desconhecido tamanha a variedade de dúvidas que existem no meio jurídico. Algumas delas estão listadas a seguir:

– As convenções coletivas de trabalho deixam de valer após o prazo de vigência?

– Os intervalos para descanso e a duração da jornada de trabalho poderão ser negociados?

– A empresa poderá contratar trabalhadores terceirizados na sua atividade principal?

– Os prêmios, pagos com habitualidade, deixam de integrar a remuneração do trabalhador?

– Sob quais perspectivas será possível aos empregadores revisarem suas políticas de remuneração, como pagamento de prêmios, ajudas de custo, planos médicos e odontológicos, sem que isso lhes imponha aumento da carga tributária?

– As empresas poderão reduzir os seus custos com encargos previdenciários?

– E as contribuições sindicais, não mais obrigatórias para empregadores e empregados, como ficam? Na prática a facultatividade desse ônus tributário vai efetivamente desaparecer?

Serviço:

Diálogos sobre a Reforma Trabalhista, aspectos trabalhistas e previdenciários

Quando: 5 de outubro

Horário: 14 h, abertura; 16h, encerramento com café e network

Onde: Espaço Encontro da Amazônia, à Rua Nilo Peçanha, 1870, bairro Bom Retiro, em Curitiba.

Inscrições: Gratuitas, mas as vagas são limitadas. Por isso é preciso inscrever-se pelo telefone (41) 3320-0320 ou pelo e-mail comunicacao@prolik.com.br.

Fonte: Prolik Advogados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s