Novo sistema de navegação de aviões no sul do País reduz rotas e diminui tempo de voos

Previsão é que reestruturação do espaço aéreo irá impactar cerca de 300 mil voos por ano

Com a redução dos tempos de viagem, as aeronaves ainda diminuem o consumo de combustível. Divulgação/ FAB

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), vinculado à Força Área Brasileira, implementou nesta quinta (12) a Navegação Baseada em Performance (PBN – Performance Based Navigation) no Sul do Brasil.

A redistribuição e otimização de aerovias e procedimentos de navegação aérea garantirá rotas mais curtas, resultando em viagens mais rápidas e até economia na emissão de gás carbônico na atmosfera.

Uma aeronave da Força Aérea Brasileira que realizava um transporte de órgãos para transplante e que decolou de Dourados (MS) para Guarulhos (SP) foi o primeiro voo a ser beneficiado pelas mudanças. O tempo de viagem diminuiu em 15 minutos com as novas rotas.

As alterações, que encurtarão os caminhos, terão impacto sobre cerca de 300 mil voos por ano. Com a redução dos tempos de viagem, as aeronaves ainda diminuem o consumo de combustível e, consequentemente, os custos de voo. O Decea estima que cerca de 6,5 mil toneladas de CO2/ano deixará de ser emitido com as mudanças.

O PBN já vem sendo implementado nos terminais aéreos desde 2009 em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

Fonte:  Força Aérea Brasileira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s