Curitiba e região têm atividades para aventureiros e amantes da natureza

Curitiba e região tem muito espaço para aventureiros e apreciadores da natureza . -Na imagem, Gruta de Bacaetava em Colombo. Foto:Divulgação

Sentir o vento no rosto, encarar o medo, sair encharcado e sujo de lama e ainda assim muito feliz. Esses são alguns dos desafios procurados pelos praticantes das modalidades de turismo de aventura.

Se você gosta do contato com a natureza e de fugir da rotina, a região de Curitiba tem ótimas opções. Na capital, você pode visitar os parques e pedalar pela cidade. Se quiser mais aventura é possível estender a viagem até os municípios vizinhos.

O Instituto Municipal de Turismo de Curitiba oferece um roteiro para os entusiastas da aventura e da natureza. São mais de 20 modalidades que podem agradar desde os iniciantes até os praticantes mais experientes.

Saiba mais sobre Turismo de Aventura em Curitiba.

Algumas modalidades que você pode encontrar na região:

Arvorismo

Arvorismo ou Arborismo é a locomoção por um percurso formado por pontes, cordas e outros apetrechos, instalados na altura da copa das árvores ou em outras estruturas. Em inglês, a atividade é chamada de canopy, que quer dizer cobertura.

Na região da Grande Curitiba, é possível praticar o arvorismo em Tijucas do Sul, que fica a cerca de 60 quilômetros ao sul de Curitiba. É possível chegar pela rodovia BR-376, que vai para Santa Catarina. A cidade tem ainda muitas atividades para os aventureiros.

Mais informações na Prefeitura de Tijucas do Sul pelo telefone (41) 3629-1186.

Balonismo

Se você quer flutuar sobre Curitiba e Região Metropolitana, é possível voar de balão. O passeio pode ser aproveitado por toda a família, desde que não tenham medo de altura. Pessoas com limitações físicas, como cadeirantes, também podem aproveitar o passeio.

Em Campo Largo, a 30 quilômetros da capital, os voos são constantes e é possível combinar o passeio com várias empresas que atuam na cidade.

Mais informações na Prefeitura de Campo Largo pelo telefone (41) 3292-6470.

Cachoeirismo

Nesta atividade, o praticante desce em cascatas e cachoeiras, seguindo ou não o curso d’água, utilizando o rapel. Curitiba fica entre a Escarpa Devoniana e a Serra do Mar, portanto as quedas d’água são abundantes em diversos municípios.

Uma opção para a prática é o município de Balsa Nova, a cerca de 50 quilômetros do centro de Curitiba.

Mais informações na Prefeitura de Balsa Nova pelo telefone (41) 3636-8000.

Caminhada

Também chamada de hiking ou trekking, de acordo com a modalidade. O primeiro se refere à caminhada em trilhas já existentes. O segundo é praticado em locais que não têm trilha definida e pode ser preciso o uso de mapas e bússolas.

Em Curitiba, os caminhos em meio à natureza são muitos, desde os parques da capital até à Região Metropolitana. Praticamente todos os municípios da Grande Curitiba têm opções de trilhas. Em São José dos Pinhais, a 16 quilômetros de Curitiba, existem vários caminhos e muito espaço para caminhadas.

Mais informações em www.sjp.pr.gov.br/turismo.

Cicloturismo

A bicicleta permite percorrer grandes distâncias e Curitiba tem quase 200 quilômetros de malha cicloviária. As ciclovias ligam os principais parques da cidade e podem levar você para os atrativos turísticos mais conhecidos.

Outra opção é o município de Piraquara, a pouco mais de 20 quilômetros de Curitiba. A cidade também proporciona outras atividades em meio à natureza, como trilhas e montanhismo.

Mais informações em www.piraquara.pr.gov.br/turismo.

Espeleoturismo

É a exploração e o desenvolvimento de atividades em cavernas e grutas. Quem gosta de explorar os corredores subterrâneos tem na Região Metropolitana algumas opções.

Em Colombo, a 17 quilômetros de Curitiba, a caverna de Bacaetava atrai muitos turistas, principalmente aos fins de semana.

Mais informações em turismo.colombo.pr.gov.br.

Rafting

O rafting é a descida de rios com corredeiras e pequenas quedas d’água utilizando botes infláveis. Feitos em equipes e grandes grupos de pessoas, requer equipamento de segurança apropriado, como coletes salva-vidas e capacetes.

Na cidade de Cerro Azul, distante 80 quilômetros de Curitiba, é possível enfrentar as águas revoltas dos rios da região.

Mais informações na Prefeitura de Cerro Azul pelo telefone (41) 3662-1775.

Voo livre

O voo livre pode ser praticado com a asa delta ou com o uso de parapente e pode ser feito por um leigo, desde que acompanhado por um praticante experiente e autorizado. Para desfrutar da sensação de voar é preciso procurar empresas especializadas.

Na região de Curitiba, Campo Magro, a pouco mais de 20 quilômetro da capital, é uma boa opção com condições de voo favoráveis durante quase o ano todo.

Mais informações na Prefeitura de Campo Magro pelo telefone (41) 3677-1975.

Fonte: SMCS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s