Temer anuncia criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública

Com a missão de coordenar ações na área, nova pasta mantém autonomia dos estados e vai integrar estratégias

Temer anuncia criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública

Foto: Alan Santos/PR

Durante encontro com mais de 80 autoridades no Palácio da Guanabara no Rio de Janeiro neste sábado (17), o presidente da República, Michel Temer, anunciou a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública. A ideia é que a pasta coordene as ações estratégicas na área em todo o País.

De acordo com Temer, a criação do ministério não vai interferir na autonomia dos estados. “Não vai invadir as competências de cada estado federado, mas vai cumprir suas funções de natureza constitucional, mas também vai coordenar o trabalho de segurança pública”, disse Temer. A previsão é de que o ministério seja criado nas próximas duas semanas.

Intolerável

Ministros, deputados, senadores, empresários, além do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, estiveram no encontro para debater também os termos da intervenção federal, decretada nesta sexta-feira pelo presidente da República. A medida visa combater o crime organizado no estado, cujo sistema de segurança passa a ser comandado pelo general Walter Braga Netto.

“Seria intolerável continuar com situação que aqui estava no Rio de Janeiro porque ela cria também um problema nos outros estados, no instante em que as coisas desandem aqui, a tendência é desandar nos outros estados. Não queremos isso”, disse Temer.

Fonte: Planalto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s