Operação Manigância é destaque na imprensa nacional

Receita Federal desmantelou esquema de fraude de créditos tributários em São Paulo
212421d4-26d5-41f8-b7bb-21c9f086e285

Reprodução

A Operação Manigância tem foco no combate a fraudes relacionadas ao comércio de créditos tributários irregulares. Durante o dia 22 de março, a Receita Federal e a Polícia Federal cumpriram 15 mandados de busca, que resultaram na apreensão de documentos, computadores, celulares e automóveis de luxo, entre eles um Porsche e uma Ferrari. Três sócios de empresas de consultoria e uma analista-tributária foram presos.

Entenda o caso

A fraude foi detectada pela Receita Federal em 2016. Empresas de consultoria ofereciam créditos tributários retirados de terceiros e repassavam esses valores para clientes que contratavam os serviços. Para ser operacionalizada, a fraude contava com a participação de uma analista-tributária da Receita Federal e de um falso auditor-fiscal. Durante as investigações, observou-se o total de R$ 64 milhões em créditos aproveitados de maneira irregular.

Trabalho institucional

Durante entrevista coletiva concedida à imprensa, o superintendente adjunto da 8ª RF, auditor-fiscal Marcos Siqueira, ressaltou o trabalho desenvolvido pela Receita Federal nas áreas de auditoria, inteligência e corregedoria. “Há uma atuação muito forte da Receita Federal para evitar esse tipo de situação e também combater desvios éticos dentro da própria Instituição”, ressaltou.

Onze auditores-fiscais e sete analistas-tributários participaram da deflagração da Operação Manigância nas cidades de São Paulo, Bragança Paulista e Florianópolis. O caso foi conduzido pelos Escritórios de Pesquisa e Investigação (Espei) e de Corregedoria (Escor) da 8ª Região Fiscal.

O nome da operação faz referência à técnica ilusionista que faz um objeto desaparecer de um local e aparecer em outro.

Segundo a polícia os acusados possivelmente responderão pelos crimes de estelionato, corrupção, associação criminosa, inserção de dados falsos em sistemas de informação e lavagem de dinheiro.

Fonte: Ascom/Receita Federal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s