Fomento Paraná terá R$ 4,7 milhões para equalização de juros

Medida do Fundo de Desenvolvimento Econômico permite aumentar de R$ 100 mil para R$ 300 mil o limite de valor financiável em operações, que podem obter redução na taxa anual de juros para investimento fixo para micro e pequenas empresas.

O Conselho de Investimentos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE) aprovou a destinação de R$ 4,7 milhões para dar continuidade ao programa de equalização da taxa de juros em financiamentos da Fomento Paraná para empresas de micro e pequeno porte.Curitiba, 23/03/2018. Foto: Divulgação Fomento Paraná

Divulgação

O Conselho de Investimentos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE) aprovou a destinação de R$ 4,7 milhões para dar continuidade ao programa de equalização da taxa de juros em financiamentos da Fomento Paraná para empresas de micro e pequeno porte.

A medida permite aumentar de R$ 100 mil para R$ 300 mil o limite de valor financiável das operações que podem obter uma redução de 5 pontos percentuais na taxa anual de juros.

A equalização dos juros está disponível nas linhas de crédito destinadas a investimento fixo (reformas, ampliações, compra de máquinas e equipamentos), com recursos próprios da Fomento Paraná e também por repasse do BNDES.

EMPREGOS – Para garantir a redução da taxa de juros, o tomador do crédito precisa manter o número de empregos ao longo de todo o período de amortização do financiamento e manter o pagamento em dia de todas as parcelas.

A Fomento Paraná estima que o valor aprovado pelo Conselho de Investimentos, somado a um saldo residual de R$ 1,7 milhão será possível fazer frente a até R$ 60 milhões em operações de crédito para apoiar empreendedores paranaenses no período de 2018 a 2022.

“Com essa equalização temos linhas de crédito com juros efetivos a taxas abaixo de 1% ao mês. Seguramente é um dos recursos com menor custo no mercado para investimentos”, afirma o presidente da Fomento Paraná, Vilson Ribeiro de Andrade.

“Estamos cumprindo nossa função como instituição de fomento e complementando as ações do Governo do Estado, apoiando os pequenos negócios, para promover o desenvolvimento e promover a geração de emprego e renda.”

FINANCIAMENTO – Desde 2011 a Fomento Paraná já financiou mais de R$ 943 milhões em operações para apoiar empreendimentos privados de micro, pequeno, médio e até grande porte, além de projetos especiais em todo o estado.

O Conselho de Investimentos do FDE é composto pelos secretários de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa; do Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa; da Casa Civil, Valdir Rossoni; da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara; e pelo presidente da Fomento Paraná, Vilson Ribeiro de Andrade.

Fonte: AENotícias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s