Renovado convênio para descontos a associados do Sincoval em cursos do Senac

O presidente do Sincoval Londrina e Região, Ovhanes Gava; o presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, e o diretor regional do Senac PR, Vitor Monastier

Na sexta-feira (27) foi renovado o convênio para concessão de descontos aos filiados do Sindicato do Comércio Varejista de Londrina (Sincoval) em cursos do Senac. Há dois anos os sindicatos associados à Fecomércio PR têm a possibilidade de repassar descontos de 30% na programação de varejo no Senac às empresas filiadas. A renovação com o Sincoval se deu em função da mudança de diretoria, agora liderada pelo empresário Ovhanes Gava.

“Ficamos muito satisfeitos em renovar a parceria com esse importante sindicato. Só na cidade de Londrina o Senac possui duas escolas de qualificação profissional que estão à disposição dos empresários da região”, afirmou o diretor regional do Senac PR, Vitor Monastier.

O presidente do Sincoval falou da relevância do convênio e agradeceu ao Sistema Fecomércio. “Junto com o Sistema Fecomércio Sesc Senac, estamos fazendo a diferença em nossa região. O Sincoval possui 57 municípios em sua região de abrangência e acreditamos que podemos contribuir para o crescimento da educação, geração de empregos e criação de novas empresas”, reiterou.

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, mencionou os demais projetos em andamento na região Norte do Paraná, entre eles a reforma do Teatro Municipal de Bela Vista do Paraíso e a implantação do Museu do Café, no prédio anexo ao Sesc Cadeião Cultural, em Londrina. O espaço estava sendo utilizado pela 10ª Subdivisão Policial de Londrina até mês passado e, no dia 5 de abril, o então governador do Paraná, Beto Richa, repassou ao presidente Piana as chaves do imóvel. “Agora que assumimos todo o imóvel, já fizemos o serviço de limpeza geral e o departamento de engenharia do Sesc começou a estruturar os projetos necessários para reforma do local que vai abrigar mais um espaço cultural. Lá teremos um museu do café, para manter viva a memória deste importante período da história de Londrina e do Norte do estado”.

Piana pediu ainda a colaboração de todos os sindicatos locais e da comunidade da região para que contribuam com histórias e doação de peças e equipamentos para o novo museu, a exemplo da campanha que está sendo feita na antiga Estação Saudade, em Ponta Grossa.

Fonte: Karla Santin/Fecomércio/PR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s