A copa do mundo não será nossa!

Éricoh Morbiz

Falo, hoje, segunda-feira, 04 de junho de 2018. Depois será fácil.

Há muito tempo que me tiraram a condição de torcedor. Gosto de futebol. Aprecio a arte de usar bem a bola. Mas ficou difícil aguentar 90 minutos com 22 marmanjos, vestidos com uniformes repleto de propaganda e não consigo saber quem é o time. As vezes se conhece um ou mais atletas. Juiz é fácil, único de cor diferente no campo. Mas tem mais 5 ou 6 nas redondezas. E não se entendem. Dialogam. Conversam. Pênalti pra cá vira pra lá. Difícil….

Business. Negócios. Aceitei. Assim achei que teria meu time competitivo. Que nada. Até o Inter campeão do mundo, do brasileiro, das américas, esteve na B recentemente.

Vamos a copa da Rússia.

Dunga não  agradava aos jogadores, aos anunciantes e principalmente, aos empresários. Por isso, o começo da caminhada estava atrapalhado. Tiraram. Entrou o Tite, gaúcho como quase todos. Campeão pelo Corinthians ( busquem a trajetória e vejam os pênaltis, ajudas, etc….) Mas tudo bem, é bom.

Ganhamos fácil. Todos, jogadores, clubes, CBF, empresários, juízes, ( bancos! ) ficamos a favor!

E o Tite foi se tornando unanimidade.

Descobriu (será?….ou descobriram para ele!) que havia craques, bons, mas inéditos no exterior. Melhor jogar com eles. Vinham pra cá, viajavam 12 horas na vinda, outro tanto na volta, mesmo quando o jogo não tinha importância. Ou ficavam na reserva. Mas havia propaganda, contrato, transferências no meio….

E assim, convocou 23 jogadores, 3 deles jogando aqui. Os demais no exterior. A explicação e convincente, claro, é  que nosso Campeonato Brasileiro é fraco, nivelado por baixo. O da China é melhor. Da Turquia também. O Italiano  idem (aliás, estão na copa, né?). Da Espanha. Da França (o cara joga lá de lateral e vem ser titular da zaga!). E o brilhante e fantástico campeonato da Ucrânia. Todos melhores do que o nosso.

Uma pimenta: estamos na 9ª. rodada do atual Campeonato Brasileiro, ninguém invicto e o líder com 20 pontos em 27.

O Barcelona terminou com única derrota na última rodada. 37 jogos sem perder. Mais competitivo, claro.

Engolimos tudo! Todo profissional que atua na área de futebol, em blogs, jornais, tvs, rádios e quer ir pra Copa, bater recordes de transmissões, fala a favor. Está certo!

Assim, estamos aí, com 23 nomes que pouco conhecemos. Uma seleção que não empolga. Seleção estrangeira. O goleiro titular, gaúcho, como o bom Taffarel, está viciado em levar gols. 17 ou 18 nos últimos 3 jogos do clube dele. O zagueiro titular, agora, é aquele que bolou um jeito de ficar de fora contra a Alemanha. Nos minutos finais do jogo anterior, provocou cartão amarelo.

Está confirmadíssimo! Experiente. Tem que ser experiente!

Nosso Tite, simpático, professor, boa gente, logo aceitou ser garoto propaganda de banco (empresa  mais simpática de nossa Sociedade! 800% ao ano no cheque especial!) e prega uma teoria de que temos que ser positivos, fazer a nossa parte! Ou seja, pagar juros que são campeões do mundo!

Não tem capitão. Não quer líder enchendo o saco. Nem dele e nem da Comissão Técnica. Afinal, já tem transferências. Elevada$! Qualquer um deve ser capitão.

Não  entendo mais de futebol. Vi o jogo de vôlei Brasil x EUA e fiquei pasmo. A tecnologia não permite mais erro.  11 mil torcedores num jogo de uma copa qualquer. Todos sabendo os nomes dos atletas. Até eu!

Sei de alguns do futebol: aquele frangueiro do Grêmio, um tal de Grohe. Do mesmo time, Luan, Arthur. Ah sim o Vanderlei, goleiro do Santos. Dizem que é santo. Os santistas, claro.

Réver, do Mengão. No Palmeiras, podiam levar meio time.

Ah, lembram-se de 1994: no banco, o astuto Parreira já preparava a próxima copa com Ronaldo, por exemplo. E deu certo! Hoje, o simpático Tite não vê experiência e nem qualidade no Vinícius Júnior (venderam sem passar pelos peritos da CBF!), no Rodrygo do Santos (17 anos, fez gol na Libertadores, mas não tem experiência!) e tantos meninos que vão morrer na praia. Terão que aprender a ser jogador profissional de futebol, mas não sonhar com seleção. A menos que vão disputar na China, na Ucrânia, na Itália.

É isto, vou torcer pelo futebol. Vou ver os jogos. Sempre vi. Gosto de Copa do Mundo.

Agora, se o Brasil for campeão, a festa será na Europa. Mesmo os meninos que nasceram no morro, nas comunidades, terão que cuidar dos contratos, das transferências, do início da próxima temporada.

Até o Professor Tite já disse que quer ficar lá.

Então, o que nos interessa a seleção de futebol do Brasil na copa da Rússia?

Até o Governo, que sempre tirava uma casquinha na volta, está tão por baixo, que prefere o líder dos caminhoneiros.

O ministro que substituiu o Ministrinho Meireles, está fulo, por quê nossa Receita não recebe imposto das transferências. E quando pensa que iria receber (como no caso do Neymar!) ele recorre e ainda não pagou.

Que faasee! Nem ganhando fica melhor!

Éricoh Morbiz

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s