Em Washington, Brasil e EUA discutem ampliação de comércio e investimentos bilaterais

Durante a 16ª edição do diálogo comercial Brasil-EUA, os países definiram prioridades na área de comércio e investimentos

dolar_4

Arquivo/Agência Brasil

Washington – Foi realizada nesta quarta-feira, na sede do Departamento de Comércio dos Estados Unidos (DoC), em Washington, a sessão plenária da 16ª edição do Diálogo Comercial MDIC-DoC, entre Brasil e EUA. A sessão foi conduzida pelo Secretário de Comércio Exterior do Brasil, Abrão Árabe Neto, e pela subsecretária adjunta para o Comércio Exterior do Departamento de Comércio dos EUA, Sarah Kemp. A reunião anterior havia sido realizada em Brasília em maio de 2017.

O Diálogo Comercial entre Brasil e Estados Unidos teve início em 2006, com o objetivo de incentivar o comércio e o investimento mútuos. Nos últimos anos, a agenda tem se ampliado muito além do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e do Departamento de Comércio dos EUA (DoC). Nesta edição, pelo lado brasileiro, também participaram representantes da Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex), Casa Civil, Inmetro, Anvisa, Receita Federal, Embaixada do Brasil em Washington, Apex, Aneel, entre outros Ministérios e agências.

Prioridades Estratégicas

Nesta 16ª reunião plenária, o DoC e o MDIC avançaram em iniciativas já em andamento e reafirmaram prioridades estratégicas para ações destinadas a aumentar o comércio e o investimento bilaterais, removendo as barreiras não-tarifárias e promovendo parcerias para aumentar as oportunidades comerciais.

Durante a abertura da sessão plenária, o secretário de Comércio Exterior destacou que nos últimos 12 anos, o Diálogo Comercial Brasil-EUA alcançou importantes avanços nas áreas de facilitação de comércio, cooperação regulatória, propriedade intelectual, boas práticas regulatórias e promoção de comércio e investimentos.

Abrão Neto também citou que, nesta edição, houve a criação do grupo de economia digital, tendo em vista a importância crescente dos fluxos de dados e tecnologias emergentes, que são ferramentas essenciais para as operações de muitas empresas, bem como para as oportunidades comerciais.

Nesta edição do MDIC-DoC, houve intercâmbio de informações entre Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil, sobre questões regulatórias globais – incluindo a participação em acordos multilaterais e iniciativas para promover a convergência regulatória, com impacto positivo no comércio bilateral de produtos farmacêuticos, dispositivos médicos e cosméticos, entre outros. Além disso, MDIC e DoC reafirmaram, em declaração conjunta, que o diálogo bilateral continuará sua tradição de enfocar questões transversais que beneficiem múltiplos setores, colaborando em atividades de interesse mútuo.

O documento também elenca o que os dois países consideram suas prioridades estratégicas, que são reduzir e eliminar barreiras não-tarifárias e barreiras técnicas ao comércio, incluindo, mas não se limitando, aos seguintes esforços:

  • Promover o movimento rápido e seguro de mercadorias através das fronteiras;
  • Promover boas práticas regulatórias;
  • Garantir que as normas e a avaliação de conformidade promovam o comércio bilateral;
  • Aumentar o acesso à proteção da propriedade intelectual e melhorar a eficiência dos processos de patentes e marcas;
  • Avançar na economia digital;
  • Facilitar o aumento do investimento bilateral;
  • Promover oportunidades comerciais.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MDIC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s