Exportações em julho crescem 16,4% em relação a 2017

Vendas externas somaram US$ 22,8 bilhões e importações, US$ 18,6 bilhões

AsscomAppa1

Brasília – A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 4,2 bilhões em julho, com exportações de US$ 22,8 bilhões e importações de US$ 18,6 bilhões. Este é o segundo melhor saldo comercial para meses de julho da série histórica, atrás do que foi registrado em 2017, de US$ 6,3 bilhões. Os dados foram divulgados hoje pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Clique aqui para acessar os dados da balança comercial

Em relação a julho de 2017, os embarques ao exterior tiveram crescimento de 16,4% pela média diária. De acordo com o diretor de Estatísticas e Apoio às Exportações do MDIC, Herlon Brandão, no mês houve crescimento nas exportações de autopeças (331,7%), óleos brutos de petróleo (112,1%), soja (53,4%), minério de ferro (47%) e plataformas de petróleo (31,6%).

Já as importações tiveram crescimento de 42,7% pela média diária em relação a julho do ano passado. Brandão destacou que a compra de duas plataformas de petróleo de US$ 1,6 bilhão cada tiveram impacto nesse resultado.

No acumulado de 2018, quando comparado com igual período do ano anterior, houve crescimento de 83,7% na importação de bens de capital e aumento de 10,6% nas exportações de produtos básicos e de 4,3% de bens industrializados.

A previsão é que, em 2018, a balança comercial brasileira tenha um superávit comercial na casa dos US$ 50 bilhões.

Acumulado

De janeiro a julho, as exportações somaram US$ 136,5 bilhões e as importações, US$ 102,4 bilhões. O saldo comercial acumula superávit de US$ 34,1 bilhões.

No acumulado do ano, cresceram as exportações de produtos básicos (10,6%) e manufaturados (6,6%) e caíram as vendas de semimanufaturados (-1,4%).

Houve aumento na venda para a União Europeia (20,9%), América Central e Caribe (17,4%), Oceania (8,9%), Ásia (9,7%) e Mercosul (5,1%). Os principais países de destino das exportações brasileiras foram China (US$ 38,1 bilhões), Estados Unidos (US$ 15,6 bilhões) e Argentina (US$ 10 bilhões).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MDIC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s