Aos 64 anos, Copel lidera inovação no setor elétrico

A expansão para outros nove estados a partir de 2011, o forte investimento na pesquisa e teste de redes inteligentes e a participação ativa no desenho do novo marco regulatório do setor elétrico integram a estratégia atual da Companhia, coerente com sua visão de tornar-se uma referência em sustentabilidade para todo o mercado, no longo prazo.

news_interna_Inaugurao_eletrovia_PR13

 Foto: Dani Catisti/Copel

Inovação. A aposta da Copel ao completar 64 anos nesta sexta-feira (26) a situa na vanguarda tecnológica do setor elétrico, assumindo o desafio de liderar a mudança de paradigma por que passa o segmento atualmente.

A expansão para outros nove estados brasileiros a partir de 2011, o forte investimento na pesquisa e teste de redes inteligentes e a participação ativa no desenho do novo marco regulatório do setor elétrico integram a estratégia atual da Companhia, coerente com sua visão de tornar-se uma referência em sustentabilidade para todo o mercado, no longo prazo.

“Vivemos uma época em que o cidadão assume grande protagonismo, gerando e comercializando energia, demandando novos serviços e exigindo um comportamento ético e ambientalmente correto das empresas”, afirma o presidente da Copel, Jonel Iurk. “A competência técnica de nosso corpo de empregados e um compromisso histórico com o desenvolvimento sustentável encontram neste cenário um terreno fértil para frutificar, e nos impõem o dever de liderar a implementação das mudanças que gradualmente serão adotadas no setor elétrico”.

REDES INTELIGENTES – Se na década de 80 executou o maior programa de eletrificação rural do país, atualmente a Copel promove a modernização das redes no campo em escala ainda maior, por meio do programa Mais Clic Rural, um investimento total de mais de R$ 500 milhões no período de três anos.

O programa incorpora inovações que são fruto de mais de uma década de testes na operação de redes inteligentes, e incluem tecnologias de automação e controle remoto da rede elétrica, a instalação de medidores inteligentes e projetos de pesquisa e desenvolvimento pioneiros no Brasil. Ipiranga, no Centro-Sul do Estado, tornou-se este ano a primeira cidade do país a ser inteiramente coberta por medidores inteligentes. São José dos Pinhais, em 2019, será a segunda.

O leque de inovações da Copel também inclui as maiores pesquisas sobre armazenamento de energia em curso no país, com testes de microgeração de energia a partir da biomassa do agronegócio.

Ainda em novembro, começa a funcionar o centro de operações mais moderno do Brasil, no bairro Novo Mundo, em Curitiba. A unidade centralizará o controle dos serviços hoje prestados em cinco regiões do Estado, e também concentrará o atendimento presencial aos clientes de Curitiba a partir de uma agência modelo. A área de atendimento vai oferecer maior agilidade à resolução de demandas dos clientes, incluindo estratégias de priorização e tecnologias de autoatendimento que permitem resolver problemas sem enfrentar filas, como o pagamento ágil da conta de luz.

Atualmente, é possível pagar a conta em centenas de totens por todo o Estado, além da rede arrecadadora com mais de três mil locais distintos – incluindo as lotéricas conveniadas à Caixa Econômica Federal, que teve seu contrato de serviços renovado com a Copel no início do ano após longa negociação entre as partes.

ELETROVIA – Uma das maiores apostas de inovação da Copel, sem dúvida, reside na mobilidade elétrica, com o projeto de uma das primeiras eletrovias do país. Ela estará pronta até o final deste ano, quando contará com 11 eletropostos que ligarão o Paraná de leste a oeste, do Porto do Paranaguá às Cataratas de Iguaçu.

Este é um estímulo à cadeia de produção e comercialização de veículos elétricos. Já estão em funcionamento os eletropostos em Paranaguá, Curitiba, Irati e Foz do Iguaçu, e prestes a serem lançadas as estações de Palmeira, Fernandes Pinheiro, Guarapuava, Candói, Ibema, Cascavel e Matelândia.

“A Copel antecipa um futuro no qual se vê não apenas como gestora de uma rede inteligente, mas principalmente como prestadora de serviços para consumidores que adquirem uma autonomia cada vez maior, seja na gestão do próprio consumo, seja na possibilidade de gerar, armazenar e comercializar sua energia, participando ativamente na segurança de suprimento do sistema elétrico”, diz o diretor de Distribuição, Antonio Guetter.

SUSTENTABILIDADE – Na esfera econômica, os últimos anos comprovaram que a Copel vem trilhando o caminho da sustentabilidade, com um investimento anual médio de R$ 2,5 bilhões nos últimos seis anos. São recursos destinados à melhoria de seus serviços e à construção de novas subestações, linhas de distribuição e de transmissão de energia, além da ampliação de seu parque de telecomunicações e de usinas geradoras, principalmente do setor eólico.

O parque gerador da Copel ultrapassa atualmente 93% de fontes renováveis, com destaque para os 566 MW de energia eólica instalados nos últimos três anos no Rio Grande do Norte, e outros 313 MW em implantação.

Até o fim do ano, entram em operação 52 novos aerogeradores do Complexo Eólico Cutia – outras 22 unidades estão previstas para 2019 – e também as hidrelétricas de Colíder, no Mato Grosso, e de Baixo Iguaçu, parceria com a Neoenergia para implantar a sexta e última hidrelétrica do Rio Iguaçu.

TRANSMISSÃO – A participação ativa em leilões de transmissão nos anos recentes também já situa a Copel entre as quatro maiores transmissoras do país. Em setembro, a Companhia arrematou um circuito de 525 mil Volts entre Londrina e Ivaiporã, no leilão da Eletrobrás, e na última semana recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para investir R$ 107 milhões na ampliação e reforço da rede elétrica em diversas regiões do Paraná.

Nos próximos três anos, a empresa erguerá mais de 600 km de linhas em empreendimentos por todo o país. “São investimentos que ampliam a capacidade de geração e transmissão, e tornam o sistema interligado cada vez mais robusto e estável para atendimento à demanda por energia não apenas em nosso Estado, mas em todo o sistema interligado”, afirma o diretor da Copel Geração e Transmissão, Sergio Luiz Lamy.

TELECOMUNICAÇÕES – A Copel Telecom, que em poucos anos tornou-se referência nacional em qualidade de conexão de internet, mantém-se firme na curva de crescimento. A subsidiária ultrapassou este ano o marco de 200 mil clientes, e terá realizado até o final de 2018 o maior investimento de sua história. Além da qualidade de serviços e produto, a estratégia de marketing adotada pela empresa – com foco na inovação e conexão com seus públicos – também vem sendo reconhecida, com a conquista do Prêmio Profissionais do Ano, da Rede Globo, maior prêmio do mercado publicitário nacional, atribuído à campanha “Alerta de Combo”.

GOVERNANÇA – A estratégia de inovação da Copel passa diretamente pela criação de um ambiente de transparência e confiança para ter sucesso. A Copel atende as melhores práticas internacionais, e está adequada à Lei das Estatais, à Lei Anticorrupção e às rigorosas práticas exigidas pela lei norte-americana para empresas listadas na Bolsa de Nova York – principalmente no que se refere à indicação e responsabilização de seu corpo de administradores.

Atualmente, a Copel é reconhecida como a estatal mais transparente do Brasil, pela Transparência Internacional (TRAC Brasil), e também a mais aderente à Lei das Estatais de acordo com o Observatório de Estatais da FGV.

“Apostar na confiança é nossa principal estratégia para gerar valor para as partes interessadas em nossos negócios, e um requisito imprescindível para que nossos empregados expressem seu potencial criativo e inovador”, afirma o presidente Jonel Iurk. “Isto requer uma estrutura de governança em permanente evolução”.

Fone: Assessoria de Imprensa/ Copel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s