Especialista em finanças dá dicas para usar o 13º Salário

De acordo com o SPC, quase 63 milhões de brasileiros estavam em outubro com o CPF restrito por causa de inadimplência

NOTAS2

Foto: Agência Brasil

Mesmo que o desejo seja fazer compras ou viajar no final do ano, o dinheiro do 13º Salário, que começa a ser pago nesta terça-feira (20), precisa ser usado para trazer mais estabilidade financeira para as pessoas, principalmente para quem está endividado.

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito, SPC, quase 63 milhões de brasileiros estavam em outubro deste ano, com o CPF restrito por causa de inadimplência.

O professor de Ciências Contábeis da Universidade Cidade de São Paulo, Wagner Pagliato, dá dicas para quem está endividado e precisa estabelecer prioridades. Ele esclarece que as dívidas ainda não vencidas, como parcelamentos no cartão de crédito, também podem ser renegociadas.

Segundo Wagner Pagliato, mesmo as pessoas que estão com as contas em dia, não deveriam gastar todo o dinheiro com consumo. Ele destaca ainda que janeiro é mês de matrícula escolar e de pagamento de impostos

Para quem tem fôlego financeiro para investir parte do 13º, a dica é o tipo de previdência privada conhecido como PGBL, que pode gerar redução do imposto de renda no ano seguinte. E lembre-se: com o dinheiro na mão, é preferível pagar as compras à vista.

Acesse a reportagem

Fonte: Repórter Nacional/EBC

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s