“Festa dos grãos” começa hoje, reúne chefs e tem Dia Mundial no domingo

Foto: Pedro Ribas/SMCS

Comemora-se no próximo domingo, dia 10 de fevereiro, o primeiro Dia Mundial do Feijão e dos Pulses, um evento global para celebrar os pulses em todo o mundo e ressaltar a importância das leguminosas na alimentação.

Curitiba tem uma programação especial, capitaneada pelo Instituto Brasileiro do Feijão (Ibrafe), que conta com apoio da Prefeitura. As atividades começam hoje, no Mercado Municipal e nos restaurantes populares.

O termo “pulses” tem utilização recente e refere-se às sementes comestíveis de plantas da família das leguminosas, que crescem em vagens e têm variedade de formas, tamanhos e cores. 

A denominação é limitada às culturas colhidas apenas como grãos secos, o que os diferencia de outras culturas vegetais, que são colhidas enquanto ainda verdes.

A FAO, braço da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, reconhece 11 tipos de leguminosas: feijão seco, favas secas, ervilhas secas, grão-de-bico, ervilhas, guandu, lentilhas, feijão bambara, ervilhaca, tremoço, além de pulses não especificados.

Alimento bom
Os pulses são fontes de proteína e fibras com baixo teor de gordura e também contêm importantes vitaminas e minerais, como ferro, potássio e folato. Dietas ricas em pulses contribuem para a boa saúde e podem reduzir o risco de algumas doenças.

Evento mundial
O Dia Mundial é organizado pela Confederação Global de Pulses, que no Brasil tem parceria do Ibrafe.

Por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), a Prefeitura apoia o Ibrafe nas ações que estão sendo desenvolvidas esta semana na capital.

Programação
A programação começa nesta quarta-feira (6/2), com a inclusão da salada de grão-de-bico no cardápio dos restaurantes populares administrados pela Smab.

No Mercado Municipal, a partir das 11h15, acontece a abertura da oficina “Importância dos pulses”, com Valéria Lüders (vice-presidente do Ibrafe), seguida de uma Exposição de diversidade de Pulses.

A programação se encerra com uma “Oficina com Pulses”, com o chef Reinhard Pfeiffer, que vai fazer sorvete e brownie com massa de feijão.

Na sexta-feira (8/2), a partir das 10h, acontece evento aberto ao público abordando os temas: origem dos pulses; diversidade de pulses; a importância ambiental e os benefícios para a saúde.

Em seguida, a chef Gabriela Carvalho, do Restaurante Quintana Gastronomia, vai ensinar a fazer uma Salada de verão, elaborada com feijões. Os presentes também poderão degustar essa salada com pulses.

Ainda na sexta-feira, na Praça Osório – das 10h às 15h -, também haverá uma tenda com informações e degustações de pratos com pulses para as pessoas que passarem pelo local.

O programa de sábado é parecido com o do dia da abertura, com a oficina “Importância dos pulses”, com Valéria Lüders , seguida de uma Exposição de diversidade de Pulses.

Mas o chef convidado será outro, André Pionteke, astro recente da programação gastronômica da televisão e que brilhou como integrante da última edição do reality MasterChef Profissionais.

Entre 11h15 e 12h30 Pionteke deverá apresentar o resultado da germinação de grãos, em um prato inédito e inusitado, que depois poderá ser degustado pelos presentes à Arena do Mercado Municipal.

Alimentação de qualidade
O secretário municipal do Abastecimento, Luiz Gusi, destaca que Curitiba sai mais uma vez na frente ao abraçar este tipo de iniciativa e proporcionar essa experiência aos seus cidadãos.

“Curitiba, ao se incorporar à comemoração do Dia Mundial de Feijão e Pulses, sai na frente, reforçando questões importantes sobre segurança e qualidade alimentar para a população”, diz Gusi.

Ele lembra que as leguminosas que se incorporam à nossa alimentação têm uma relação direta à quantidade de fibras absorvida pelo organismo, além de terem baixo teor de gordura e reforçarem o ferro e potássio para que as consome.

Outra característica positiva das leguminosas é que elas têm baixa emissão de gases e afetam pouco ao efeito estufa, além de utilizar muito pouca água na sua produção em relação a outros cereais e serem importantes na fixação de nitrogênio ao solo.

“Por isso, a Prefeitura, através da Smab, se incorpora ao movimento com várias ações, no Restaurante Popular, no Mercado Municipal e também na Praça Osório, onde tem grande fluxo de população, com informações e também com degustação de pratos de pulses”, completa o secretário.

Serviço
Mercado Municipal de Curitiba
Av. Sete de Setembro, 1.865,  entre a Rua. Gen. Carneiro e a Rua da Paz.
Telefone: (41) 3363-3764.

Fonte: SMCS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s