Ministério da Economia e Sebrae lançam o Programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade

Programa vai reunir representantes do setor produtivo e gestores públicos paulistas para mapear os obstáculos à competitividade no estado

O Ministério da Economia e o Sebrae lançaram em São Paulo, nesta quinta-feira (31/10), o programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade. Em sua sétima etapa, a ação tem o objetivo de levantar as principais reivindicações de empresários e gestores públicos do estado e de municípios de São Paulo, contribuindo para identificar os maiores entraves e aplicar medidas em prol do desenvolvimento do empreendedorismo e da economia. Em pesquisa recente realizada pelo Sebrae, os empresários do estado apontaram a dificuldade em conquistar clientes e vender mais como as maiores preocupações do setor (27%), seguidas da alta carga tributária (13%). 

Dados da pesquisa serão apresentados na manhã desta quinta, no auditório da Fecomércio de São Paulo. O evento terá a presença do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, e do presidente do Sebrae, Carlos Melles, além de prefeitos, parlamentares, representantes de entidades do setor produtivo e gestores estaduais e municipais.  

Mobiliza Brasil

Cerca de 300 empresários devem participar do lançamento do programa, quando também será apresentado ao setor produtivo paulista o aplicativo Mobiliza Brasil, canal pelo qual o cidadão pode sugerir melhorias para o ambiente de negócios em sua localidade. A ferramenta está disponível nas lojas Apple Store e Google Play e permite reunir sugestões e organizar dados que servirão de subsídios para elaboração de políticas públicas. 

Realidade estadual

Buscando mapear e entender as diferentes realidades do empreendedorismo nas diferentes regiões do país, o programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade está percorrendo todas as unidades da Federação, visando a retomada do crescimento econômico. Até o momento, seis estados já foram visitados: Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Bahia, Mato Grosso e Pernambuco

Fonte: Ministério da Economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s