Projeção de crescimento do PIB em 2019 aumenta de 0,85% para 0,90%

Boletim Macrofiscal, divulgado nesta quinta (07/11) pela Secretaria de Política Econômica (SPE), também estima redução da inflação para o ano

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia revisou de 0,85% para 0,90% a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil de 2019. Em relação à inflação (IPCA), a trajetória de queda se manteve, e a estimativa para o indicador no ano passou de 3,62% para 3,26%.

Essas projeções constam na atualização do Boletim Macrofiscal, divulgado nesta quinta (7/11) em Brasília (DF). O boletim traz os indicadores macroeconômicos da grade de parâmetros que fundamentam o orçamento federal e as principais projeções para o ano, bem como analisa a conjuntura macroeconômica e fiscal do país.

Ambiente favorável

O secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, ressaltou, durante a entrevista coletiva de divulgação do boletim, que é observado no crescimento positivo da economia o efeito “crowding in”, que significa que o setor privado está retomando os investimentos, enquanto o setor público vem retraindo os gastos.

Sachsida: crowding in aponta que estamos no caminho certo, consolidando crescimento sustentável com ganho de produtividade

 “Esse efeito aponta que estamos no caminho certo, consolidando um crescimento sustentável com ganho na produtividade”, destacou. Sachsida salientou que o crescimento do PIB puxado pelo setor privado demonstra confiança do mercado no esforço do governo em fazer o ajuste fiscal e implementar as reformas administrativas necessárias para conter o endividamento público.

 “A Nova Previdência (PEC 06), a aprovação da Medida Provisória da Liberdade Econômica, convertida na Lei 13.874/2019, o Novo FGTS e as propostas de emendas constitucionais entregues ao Congresso Nacional nesta semana contribuíram significativamente para a criação de um ambiente não apenas de equilíbrio fiscal, mas de reduções de distorções econômicas que diminuíram a produtividade do país”, avaliou.

O subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kühl Teles, enfatizou que o arrefecimento da inflação tem permitido a redução da taxa básica de juros, favorecendo o dinamismo da atividade econômica. A projeção contida na grade de parâmetros para o IPCA de 2019 é de 3,26%, abaixo do centro da meta de inflação de 4,25%. “A redução estrutural da taxa de juros, inflação sob controle e maior confiança de empresários e consumidores estimulam o empreendedorismo privado no país”, disse.

Setores econômicos

Segundo Teles, os setores da indústria, agropecuária, serviço e comércio vêm apresentando recuperação significativa. Na projeção de curto prazo para o terceiro trimestre de 2019 em relação a igual período do ano anterior, o crescimento estimado na indústria é de 0,17%, impulsionado pelo setor extrativista. Já na agropecuária estima-se, no terceiro trimestre, um crescimento de 2,80% em razão das produções de algodão e milho (segunda safra). Para o setor de serviços, a projeção é de crescimento de 0,87% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Prisma Fiscal

O estudo da SPE também oferece à sociedade resultados de um sistema de coleta de expectativas de mercado para o acompanhamento das principais variáveis fiscais brasileiras, chamado Prisma Fiscal. Essa ferramenta apresenta projeções de analistas do setor privado, em bases mensais e anuais, para as seguintes variáveis: arrecadação federal, receita líquida, despesa primária, resultado primário do governo central e Dívida do Governo Geral.

Panorama Macroeconômico

Conjunto amplo de indicadores de conjuntura e de projeções da grade de parâmetros para o processo orçamentário, produzido pela SPE. Apresenta dados selecionados de atividade econômica: PIB, produção setorial, emprego e renda, preços e inflação, crédito e mercado financeiro, política fiscal, setor externo e economia internacional.

Baixar

Fonte: Ministério da Economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s