BRDE assina contratos com cooperativas do Sudoeste

A Coagro e a Coasul somam cerca de 13,4 mil cooperados, a maioria pequenos produtores. Os contratos são de R$ 11,7 e R$ 11,5 milhões, respectivamente. A assinatura aconteceu em evento com o governador Carlos Massa Ratinho Junior durante a transferência do Executivo estadual para Pato Branco.

BRDE assina contratos com as cooperativas Coasul e Coagro. Foto: Divulgação

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) assinou nesta quarta-feira (13) dois contratos com as cooperativas Coasul e Coagro. A assinatura aconteceu em evento com o governador Carlos Massa Ratinho Junior durante a transferência do Executivo estadual para Pato Branco.

O contrato com a Coasul, na linha de financiamento Prodecoop (Programa de Desenvolvimento Cooperativo), permitirá a aquisição de uma unidade de recepção, beneficiamento e armazenagem de cereais com capacidade para 12.780 toneladas de grãos (soja, milho e trigo). O investimento será para a planta da cooperativa em Francisco Beltrão. O valor é de R$ 11,5 milhões.

A Coasul fica sediada em São João e foi fundada em 1969. Possui mais de 9,4 mil cooperados, a maioria pequenos produtores, e 28 unidades localizadas no Sudoeste e Centro-Sul do Paraná, e Oeste de Santa Catarina. Além das unidades de recebimento e armazenagem de grãos, possui um abatedouro de aves, uma fábrica de rações, supermercados e um posto de combustíveis.

Segundo o presidente da cooperativa, Paulino Facchin, o BRDE ajudou a financiar todos os investimentos. “Isso vai diminuir custo aos produtores. Cerca de 80% dos cooperados da Coasul são da agricultura familiar. Temos indústria de aves, com 160 mil abates/dia, e a maior fábrica de ração para gado leiteiro do País. A cooperativa fatura anualmente cerca de R$ 2 bilhões e a nova planta vai se somar e esse bolo”, afirmou.

O contrato com a Coagro é para a construção de uma unidade de recebimento, beneficiamento e armazenamento de grãos no município de Santo Antônio do Sudoeste. A unidade terá capacidade estática de armazenagem de 13.576 toneladas e atenderá produtores dos municípios paranaenses de Santo Antônio do Sudoeste, Barracão e Bom Jesus do Sul. O valor de financiamento é de R$ 11,7 milhões na linha Pronaf Agroindústria.

A cooperativa foi fundada em 1971, tem sede em Capanema e é formada por mais de 4 mil cooperados. Possui unidades de grãos nos municípios de Capanema, Planalto, Pérola D’Oeste, Bela Vista da Caroba, Pranchita, Santo Antônio do Sudoeste e Barracão, além de uma fábrica de rações em Capanema.

INCENTIVOS – Apenas de janeiro a agosto deste ano, o BRDE financiou R$ 257 milhões às cooperativas paranaenses e seus cooperados. Com 60% de sua carteira vocacionada para agricultores e agroindústrias, o banco, mesmo atuando somente nos três estados do Sul, é o maior operador do Programa de Desenvolvimento Cooperativo (Prodecoop), do BNDES.

O apoio do BRDE contribui para o desempenho das cooperativas que, cada ano, reforçam a posição de destaque na economia do Paraná. Segundo dados do Sistema Ocepar elas faturaram R$ 41 bilhões no primeiro semestre de 2019. O número representa um crescimento de 8% em relação aos seis primeiros meses de 2017 e 2018.

Segundo o diretor administrativo do BRDE, Borges da Silveira, o banco é vocacionado a ajudar a ampliar as cooperativas. “Cada cooperativa tem entrepostos em 15 municípios. Essas ampliações vão ajudar uma região essencialmente agrícola. O BRDE é um órgão do Estado, com esforços voltados a atender a vocação regional da produção de alimentos”, complementou.

Fonte: BRDE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s