Saque aniversário do FGTS deve reduzir o custo do crédito

SPE divulgou nesta quarta-feira (8) nota informativa com os principais resultados do novo FGTS

Aplicativo FGTS

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) publicou, nesta quarta-feira (8/1), a nota informativa “os resultados do novo FGTS”.  O texto destaca que o saque aniversário deve expandir o mercado de crédito, ao permitir que os recebíveis sejam utilizados como garantia pelos trabalhadores.

De acordo com a nota, os recebíveis são uma garantia com risco zero, o que deve reduzir as taxas de juros e, consequentemente, o custo do crédito.  “Pela primeira vez na história, uma parcela muito grande da população passará a ter acesso a crédito barato. Os empregados do setor formal poderão obter empréstimos a juros mais baixos do que qualquer outro disponível no mercado”, destacou o subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kuhl Teles.

Segundo a nota, ao se considerar apenas os saldos das contas dos trabalhadores que migraram para o saque aniversário até 31 de dezembro de 2019, o crédito pode ser expandido em cerca de R$ 11 bilhões, o que representa um crescimento de quase 50% no crédito consignado privado atual. A expansão poderá ser maior à medida que mais trabalhadores formalizem a adesão a nova modalidade.

O texto destaca ainda os impactos de curto prazo, com a injeção de R$ 26,2 bilhões na economia por meio do saque imediato, e os de médio e longo prazo, como o aumento da produtividade do trabalho e a melhoria na gestão do fundo.

Em relação ao aumento de produtividade do trabalho, a SPE aponta que o saque aniversário, por permitir ao trabalhador receber um rendimento anual adicional, deve reduzir a rotatividade do mercado de trabalho, aumentando os gastos com treinamento feitos pelas empresas e reduzindo a informalidade na economia.

Nota informativa – Os Resultados do Novo FGTS

Nota produzida pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia analisa os resultados do Novo FGTS.

Baixar

(formato .pdf – 1,25 MB)

Fonte: Ministério da Economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s