Tecpar inicia entrega de álcool antisséptico ao Governo do Estado

Primeira remessa, com mil litros, foi levada pela Defesa Civil à Secretaria da Saúde. Instituto iniciou com capacidade de 150 litros diários e em uma semana alcançou a marca diária de 500 litros

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) iniciou nesta sexta-feira (3) a distribuição do álcool antisséptico que passou a produzir para o Governo do Estado. A primeira remessa, com mil litros do produto, foi transportada pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil para ser entregue à Secretaria da Saúde.

A produção de álcool pelo Tecpar faz parte do conjunto de medidas do Governo do Estado para o enfrentamento à pandemia do coronavírus. O laboratório no campus CIC do Tecpar iniciou com capacidade produtiva de 150 litros diários e em uma semana de atividade já alcançou a marca diária de 500 litros. A planta está passando por ajustes com objetivo de alcançar o potencial da unidade, de 1000 litros por dia.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, ressalta que a distribuição iniciou após autorização concedida pela Vigilância Sanitária de Curitiba, na última quarta-feira (1º).

 “Como laboratório público oficial, o Tecpar segue todos os padrões sanitários e de boas práticas de fabricação em sua planta industrial. O instituto oferece um produto de qualidade para apoiar os profissionais que estão na linha de frente ao combate da pandemia de Covid-19 no Paraná”, destaca.

DOIS PRODUTOS – O instituto instalou uma unidade industrial para fabricar dois produtos: álcool antisséptico etílico 70% e o etílico 80% glicerinado, ambos recomendados para assepsia de mãos.

Como o produto não fazia parte do portfólio do instituto, um Grupo de Trabalho foi instituído com o objetivo de ativar essa área produtiva na empresa.

CARACTERÍSTICAS – A diferença entre o álcool 70% e o 80% glicerinado é que o segundo é mais recomendado para uso frequente, principalmente para profissionais da saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta que, em caso de falta de álcool em gel, o glicerinado é o mais indicado, o que não diminui, porém, a eficácia do etílico.

O álcool antisséptico produzido no Tecpar não pode ser comercializado e não é indicado para limpeza de superfícies.

QUALIDADE – Os ensaios realizados pelo Controle da Qualidade do Tecpar vão desde as matérias-primas e embalagem primária até o produto acabado e produto final, de acordo com o preconizado pela Farmacopeia Brasileira, para garantir a qualidade do produto.

Antes de produzir, são feitos ensaios microbiológicos e físico-químicos da água purificada; de teor de metanol e teor alcoólico do álcool; e da embalagem dos frascos.

Quando o produto está pronto, é realizado o ensaio do teor alcóolico, para avaliar se o teor corresponde ao indicado, e da eficácia antimicrobiana para avaliar a capacidade bactericida, esporicida, fungicida e de também eliminar os vírus.

Fonte: Ascom/Tecpar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s