Receita Federal apreende R$ 765 milhões em mercadorias no 1º trimestre

Cigarros ilegais responderam por mais de 30% das apreensões

A Receita Federal apreendeu R$ 765,13 milhões em mercadorias no 1º trimestre de 2020. O resultado nominal é 10% maior do que o registrado nos três primeiros meses de 2019, e 6,5% maior quando ajustado pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Como de costume, as apreensões de cigarros falsificados ou introduzidos irregularmente no país responderam pelo maior valor dentre as mercadorias apreendidas. No total, foram retidos R$ 242,9 milhões de reais em cigarros, quase um terço do valor total das apreensões. A maior parte dessas apreensões ocorreram na região da Tríplice Fronteira.

Outros itens que tiveram quantidades significativas de apreensões foram os eletroeletrônicos (R$ 79,3 milhões), itens de vestuário (R$ 77,2 milhões) e óculos de sol (R$ 41,1 milhões).

As apreensões realizadas pela Receita Federal ocorrem em suas operações de vigilância e repressão e nas análises de importações e exportações submetidas ao despacho aduaneiro. O objetivo das ações é proteger a indústria nacional e evitar a concorrência desleal, além de impedir a entrada de produtos lesivos à sociedade no país.

Produtos de circulação proibida tais como mercadorias falsificadas ou com potencial lesivo à saúde são destruídos, enquanto os demais produtos podem ser levados a leilão, doados a entidades beneficentes ou incorporados pelos órgãos públicos.

Clique aqui para ter acesso aos resultados acumulados.

Fonte: Receita Federal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s