Primeiro projeto do mundo para canalizar água dessalinizada em lago natural deve ser iniciado

No início do próximo ano, Israel deve se tornar o primeiro país do mundo a canalizar água dessalinizada para um lago natural – o Mar da Galiléia

Imagem Ilustrativa do Canva – Mar da Galileia

À medida que a água da fonte se torna mais escassa em regiões estressadas ao redor do mundo, um novo projeto no Oriente Médio está abrindo caminho para o que pode se tornar uma tecnologia central para sistemas de água potável também no oeste dos EUA.

No início do próximo ano, Israel deve se tornar o primeiro país do mundo a canalizar água dessalinizada para um lago natural – o Mar da Galiléia, informou o The Times Of Israel .

A empresa nacional de água, Mekorot, planeja concluir a construção de um tubo subterrâneo de 13 quilômetros (8 milhas) até o final deste ano, a ser seguido por semanas de testes antes de entrar em operação no final do primeiro trimestre. de 2023.

Espera-se que o oleoduto conecte este lago à infraestrutura que alimenta cinco usinas de dessalinização na costa do Mediterrâneo e assim captaria alguns milhões de metros cúbicos de água dessalinizada para o lago em seus primeiros anos.

Eventualmente, o projeto espera trazer dezenas de milhões de metros cúbicos de água dessalinizada para o lago natural todos os anos.

Com a mudança climática e a escassez de água aumentando em todo o mundo, a dessalinização pode parecer uma solução muito necessária. Porém, algumas das regiões mais afetadas pela seca, ainda não adotaram a tecnologia, como demonstrado pela recente decisão da Comissão Costeira da Califórnia de rejeitar uma proposta para uma usina de dessalinização de US$ 1,4 bilhão , citando preocupações ambientais.

“De Cingapura a Tel Aviv, as usinas de dessalinização substituíram a escassez de água pela abundância de água”, segundo a National Review . “Mas na Califórnia, no meio de uma das secas mais severas da história moderna, a dessalinização em qualquer escala significativa não é uma opção.”

Entretanto provas de conceito como a de Mekorot podem ajudar bastante a levar a dessalinização a lugares como a Califórnia. A equipe por trás do oleoduto de Israel fez questão de conduzir pesquisas sobre como o plano poderia impactar o meio ambiente local, possivelmente aliviando as preocupações de grupos como a Comissão Costeira da Califórnia com suas descobertas.

“Os experimentos … indicaram que a adição de certas quantidades de água dessalinizada ajudaria o lago a recarregar sua água sem grandes efeitos negativos em sua biologia ou na maneira complexa pela qual ele se comporta em diferentes condições e profundidades”, segundo The Times De Israel .

Dependendo de como o projeto pioneiro de dessalinização de Israel se desenvolver, ele pode se tornar uma tecnologia mais central para o resto do mundo na luta contra a escassez de água.

Traduzido e adaptado por: Denise Akemi F. T. Trugillo
Para: Portal Tratamento de Água

Fonte: Water Online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s