Funcafé já pode ser contratado com juros máximos de 11% ao ano

Funcafé terá taxa máxima prefixada até junho de 2023, confira detalhes

Crédito: Freepik

As linhas de financiamento do Funcafé já começaram a ser disponibilizadas para contratação junto a alguns agentes financeiros. Até junho de 2023, a taxa máxima prefixada será de até 11% ao ano para as linhas de capital de giro, aquisição de café, custeio, comercialização e recuperação de cafezais.

A disponibilização dos recursos em cada banco ocorre após a publicação de ato do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) no Diário Oficial da União. Cada ato formaliza a assinatura do contrato de cada banco que manifestou interesse de oferecer os recursos do Funcafé, que são os seguintes:

Fundo de Defesa da Economia Cafeeira – Funcafé na safra 2022/2023:

INSTITUIÇÃO FINANCEIRAVALOR ATRIBUÍDO (R$)
Banco RaboBank404.259.934
Banco Cooperativo Sicredi375.731.167
Banco Cooperativo Sicoob-BANCO SICOOB369.956.362
Banco Santander (Brasil)369.956.362
Banco Bradesco369.956.360
China Construction Bank (Brasil) Banco Múltiplo307.009.392
Banco Itaú Unibanco307.009.392
Banco BTG Pactual291.891.191
Banco ABC Brasil278.009.392
Banco Fibra277.009.392
Banco Safra272.009.392
Cooperativa Central de Crédito do Espírito Santo-CENTRAL ESPÍRITO SANTO268.607.744
Caixa Econômica Federal261.579.959
Banco do Brasil261.579.958
BDMG-Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais257.009.392
Banco Ribeirão Preto233.607.744
Cooperativa Central de Crédito de Minas Gerais – CENTRAL CREDIMINAS188.903.030
Banco Votorantim166.300.198
Cooperativa de Crédito Credivar – SICOOB CREDIVAR140.000.000
Cooperativa de Crédito Agrocredi – SICOOB AGROCREDI140.000.000
BNP Paribas Brasil118.607.744
Banestes75.000.000
Cooperativa de Crédito Coopacredi – SICOOB COOPACREDI69.795.454
Cooperativa Central de Crédito com Interação Solidária – CENTRAL CRESOL BASER50.000.000
Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE37.710.441
Cooperativa de Crédito Credinter – SICOOB CREDINTER33.000.000
Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Carmo do Rio Claro-SICOOB CREDICARMO26.000.000
Cooperativa de Crédito Credialp – SICOOB CREDIALP25.000.000
Cooperativa de Crédito Credicarpa-SICOOB CREDICARPA19.000.000
BRB-Banco Regional do de Brasília15.000.000
Desenbahia- Agência de Fomento do Estado da Bahia15.000.000
Banco Citibank8.000.000
Banco Inter8.000.000
Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo -SICOOB CREDICOM8.000.000
Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo-Bandes6.000.000
Cooperativa de Crédito de Livre Admissão do Oeste Mineiro-SICOOB CREDICOPA2.000.000
Cooperativa de Crédito Noroeste de Minas -SICOOB NOROESTE DE MINAS2.000.000
TOTAL

“A partir da relação de bancos que manifestaram o interesse de operar os recursos do Funcafé, o interessado já pode ter uma noção preliminar de onde poderá contratar os recursos”, explica Celírio Inácio, Diretor executivo da ABIC. 

[Ministério da Agricultura recebe ABIC para reunião sobre o POC do café torrado]

Entretanto, é importante salientar que para a efetiva contratação dos recursos junto ao agente financeiro de preferência, pode ser que ainda esteja pendente a publicação de algum ato oficial ou a adoção de providências internas em cada banco. “Os contratos entre os bancos e o MAPA começaram a ser assinados agora, no final de julho, e novas publicações são esperadas para os próximos dias. Em breve, será possível especificar quais linhas de crédito estão disponíveis para contratação em quais bancos específicos, pois nem todos agentes financeiros operam todas as linhas de financiamento do Funcafé” destaca Felipe Lélis Moreira, Consultor de relações governamentais da ABIC.

Fonte: Jornal do Café/ABIC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s